4º dia da novena – Senhora Aparecida: das águas ao encontro dos peregrinos

39

1. Acolhida
(Procissão de Entrada)
2. Saudação Litúrgica
P.: Em nome do Pai † e do Filho e do Espírito Santo.
–Nós vos louvamos, ó Deus da vida, e a vós, Senhora Aparecida, Mãe dos peregrinos. Amém!

P.: Vossa clemência nos alcance, ó Mãe bendita, pois, se os dissabores desta vida nos pesam, vossa presença nos conforta e reanima.
–E nada fará fracassar quem faz do Senhor o centro de sua vida! Amém!

3. Contemplando Maria
(Entronização e incensação da Imagem. Logo após, fazem-se a contemplação e a saudação jubilar que seguem. Durante a incensação da imagem, silêncio orante.)
P.: Senhora Aparecida, que fostes peregrina, de Nazaré a Ain Karim, à casa de Isabel, nós vos saudamos, Virgem clementíssima,
–pois estais ao lado dos que peregrinam convosco, ao encontro do Amor!

P.: Como é bela, Senhor, a história da Aliança que fizestes conosco, a História da Salvação no meio da história humana.
– Vós peregrinastes no meio da humanidade, com vosso amor vivo e atuante!

P.: E, quando chegou a plenitude do tempo da redenção,
–veio vosso Filho nascido de Maria!

L.: Ele armou sua tenda bem no meio da humanidade
– e deu a cada coração humano a possibilidade do amor!

L.: Foi Maria, a mais bela criatura, o trigo dourado e puro que se tornou a mais nobre criatura,
– sendo vossa fi el colaboradora no plano da salvação!

L.: E quanta alegria toma conta de nossa existência, ao chamar vossa escolhida de Senhora Aparecida. São trezentos os anos no tempo de agora,
– mas há mais de dois mil anos vós nos destes Mãe tão bendita e prezada. Amém!

Saudação Jubilar UM CASAL:

Senhora Aparecida, nós vos amamos e vos saudamos em vosso tricentenário. Vós sois
presença amiga e certeira em nossa casa e em nosso coração, pois vós nos amais com amor materno. Ajudai-nos a viver em contínua comunhão de vida, de luta, de esperança e
progredir em cada dia em nossa vocação matrimonial. Conservai-nos na liberdade e na paz, na ternura e na harmonia. Fazei-nos recuperar bem depressa nossas dificuldades.
Senhora Aparecida, que a beleza do dom inviolável da família seja consciente e preservado entre nós.
Abençoai a nós e a todos os casais, Mãezinha Aparecida. Nós vos agradecemos por esses três séculos de vossa presença amorosa. Amém.

4. Louvores a Maria
P.: Maria, sois a Mulher do sim resoluto e sem rodeio vos dispusestes, inteiramente, a cumprir a vontade de Deus.
T.: Bendita sois, ó Senhora do Sim, que carregais em vossas mãos a vontade de Deus!

P.: Nós vos louvamos, ó Senhora Aparecida, em vosso Tricentenário, pois é bênção, é amor, é ternura, é graça.
T.: Nós vos louvamos com gratidão por vosso amor, ó Maria, Mãe Aparecida

P.: A vós, mãe querida, nosso amor, nosso louvor. Contamos com vossa ajuda materna e carregada de ternura, ó mãe do Redentor. A vós nosso louvor.
– Mãe e Senhora Aparecida.
Maria, louvamos a vós!
– Mãe bendita do Salvador.
– Mãe dos humildes e pequenos.
Mãe Aparecida, a vós nosso louvor!

– Senhora e Mãe dos peregrinos.
Maria, louvamos a vós!
– Sois amparo dos casais e das famílias.
– Sois o Santuário da vida.
Mãe Aparecida, a vós nosso louvor!

P.: Ó Deus de amor eterno, que acolheis nossos louvores à vossafi lha predileta, vinde em nosso socorro, com vossa misericórdia, e inspirai-nos a vos servir com alegria e dedicação,
– como vos serviu Maria, a Mãe de Jesus Redentor. Amém!

5. Palavra de Deus
P.: Maria, que acolhestes a Palavra viva e eterna, a Aliança de amor, Jesus, o Filho Redentor,
– dai-nos a mesma disposição que vós tivestes ao visitar Isabel,

P.: que necessitava de vossa presença e ajuda. Mãe querida, vós vos pusestes apressadamente a caminho,
–pois o amor verdadeiro tem pressa em servir,

P.: e quem não faz o êxodo de si mesmo, não se dispondo a uma nova travessia libertadora, não vai progredir no amor.
– Ajudai-nos, ó Mãe, como cristãos, a fazer a diferença no mundo onde vivemos. Amém!

(Acolhimento da PALAVRA DE DEUS:
fonte de vida, fonte de salvação)
– Cântico à PALAVRA DE DEUS
– Anúncio – Visita a Isabel – Lc 1,39-45

Naqueles dias, Maria partiu em viagem, indo às pressas para a região montanhosa, para uma cidade da Judeia.
Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel.
Logo que Isabel ouviu a saudação de Maria, o menino saltou em seu seio, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo e exclamou em alta voz: Tu és bendita entre todas as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre!
E como me é dado que venha a mim a mãe de meu Senhor?
Pois assim que chegou a meus ouvidos a voz de tua saudação, o menino saltou de alegria em meu seio.
Bem-aventurada aquela que acreditou que se cumpriria o que lhe foi dito da parte do Senhor!
– Palavra da Salvação.
– Glória a vós, Senhor.

(Mensagem)

6. Compromisso Solidário
P.: Maria, logo após a anunciação, não vos acomodastes e vos pusestes a caminho da casa de Isabel, para servi-la em suas necessidades;
– fazei-nos amigos dos pobres e sofredores, dos que precisam de vida e de harmonia!
L.: Senhora Aparecida, vós vos encontrastes com os pobres e humildes pescadores João Alves, Domingos Garcia e Felipe Pedroso, e eles fizeram a primeira peregrinação
com vossa imagem,
– das margens do rio Paraíba até o casebre de suas famílias!

L.: Em nossa peregrinação, caminharemos, ó Mãe, ao encontro dos pobres e necessitados e, com a Comunidade, ouvindo a Palavra de Jesus,
– estenderemos as nossas mãos para oferecer acolhida, amor e fraternidade!

P.: Olhando, ó Maria, para Jesus, vosso Filho, compreendemos que peregrinar é fazer o êxodo de nós mesmos, indo ao encontro do irmão caído à beira do caminho, partilhando o pão da dignidade com o oprimido e excluído,
– e, na força da união, vencer a exploração dos orgulhosos, gananciosos e egoístas. Amém!

(Procissão da Caridade – Oferta dos Alimentos)

7. Por Maria a Jesus
P.: Ó Maria, nossa Senhora e Mãe, sois escola de fé e de cumprimento da vontade divina, que nos conduzis ao encontro de Jesus,
– pois quereis que tenhamos a salvação que Ele veio nos trazer!

L.: Vós nos inspirais a viver o ensinamento de Jesus, comprometidos com a história de nosso tempo, comprometidos com a vida e jamais permitindo que as ideias contrárias
ao Reino
– venham ferir a dignidade humana e divina com que fomos criados!

L.: Ó Jesus, Filho de Deus, nascido de Maria, nós vos amamos. Concedei-nos a graça de viver, do jeito certo, vosso ensinamento, vosso Evangelho, em nossa história e em nossa vida.
– Arrancai de nosso interior o desejo da distinção e fazei-nos abraçar o que promove a vida
e a compaixão. Amém!

(Entronização, Exposição e Adoração do Santíssimo)
8. Diante de Jesus, Pão da Vida
P.: Ó Senhor, Deus de amor, que sois nosso Salvador e estais presente na Eucaristia,
– nós vos adoramos e vos bendizemos, Senhor, Deus da vida!

P.: Alegrem-se os homens e as mulheres, os jovens e as crianças, os excluídos e abandonados,
– pois poderão contar com vosso amor misericordioso!

P.: Senhor Jesus, em vossa luz, desejamos caminhar em cada dia e, em vossas mãos, colocamos nossa existência, pois sois nossa salvação.
– A vós, Senhor, nosso amor, nosso louvor e nossa eterna gratidão. Amém!

9. Bênção do Santíssimo
(Cântico “Tão Sublime”)

10. Caminhando com Maria
P.: Rogai por nós, ó Senhora Aparecida,
– para que sejamos dignos das promessas de Cristo!

P.: Olhai com bondade para todos os casais, para que sejam felizes, alcancem a paz e a realização e sejam sinais da presença amorosa do Pai em nossa humanidade. Senhora
Aparecida, guardai os casais e protegei-os,
– para que vivam com alegria a dignidade da vocação matrimonial. Amém!

(Consagração a Nossa Senhora, feita por um CASAL)
11. Agradecimentos

12. Oferta das Flores

P.: Ó doce e amável Senhora, singela e humilde, aparecida
– das águas benditas do rio Paraíba, há três séculos,

L.: há tão pouco tempo, pois junto da Senhora
– “um dia é como mil anos e mil anos como um dia!”

L.: Sois a Senhora de todas as gentes, dos povos e das nações.
– Como é belo vosso olhar sereno e vosso jeito meigo e terno!

L.: Ao contemplar vossa Imagem, o coração bate mais intensamente,
– pois sentimos vosso amor mais forte que a morte!

L.: Diante de tanta beleza e grandeza, manifestadas na humildade e simplicidade, nós vos oferecemos flores,
– ó Mãe Santa e Imaculada, com louvor e gratidão por vosso amor e vossa proteção.
Amém!

13. Envio Missionário
P.: O Espírito do Senhor, que habitou no coração de Maria, habite em vossa vida e dissipe toda treva e insegurança.
– Amém!

P.: Maria, em vossa pequenina imagem, vós nos ensinais que “diante de Deus devemos ser todos humildes”. Sustentai-nos suavemente na palma de vossa mão materna e guardai-nos em vossa santidade.
– Amém!

P.: Que o Senhor vos conduza ao encontro de vós mesmos e de vossos irmãos e vossas irmãs. Que a chuva fecunde a terra e a graça de Deus, vosso coração. Que o tempo
presente vos seja carregado de paz e vosso futuro, abundante de vida.
– Amém!

P.: O Senhor esteja perto de vós como vosso grande amigo. Esteja à vossa frente para vos proteger; esteja ao vosso lado para vos guardar; esteja em vosso coração para vos fazer felizes. Ele vos guie no caminho da vida e na certeza de sua paz. Ide, e que Ele vos acompanhe.
– Assim seja, pelos séculos dos séculos. Amém!
(Homenagem do povo – Entrega das Flores)