A inveja mata

5
A inveja mata

“A Divina Providência tira o bem de todas as coisas, até mesmo da inveja das pessoas”

Pilatos sabia que Jesus tinha sido entregue por inveja (cf. Mt 27,18). Mesmo assim, por medo e covardia entrega o Messias para ser crucificado, com medo do Imperador César. Herodes manda matar os santos inocentes por inveja, do novo rei que se aproxima (cf. Mt 14,1). Ambos poderiam ter reinado com segurança nesta vida e mais ainda na outra, mas, foram canalizados pelo maligno a fim de tentar aniquilar o filho de Deus.

A inveja ataca não somente quem está no poder mas, também, quem tem sede dele. Dá o poder para alguém, para conhecer do que é capaz? Na verdade, tira o poder dele, e veremos qual é a reação. Vemos isso, na delação premiada de nossos políticos, quando veem que vão perder o poder, começam a entregar com provas seus colegas mentirosos.

Ela nada mais é do que, não valorizar os próprios talentos, desejando ter não somente o sucesso do outro, mas, que ele caia para dizer: “Bem feito, ainda bem que foi assim!” José do Egito, foi entregue por seus irmãos, porque sabia que Jacó o amava, por ser seu filho na velhice (Gn46,27). A Divina Providência tira o bem de todas as coisas, até mesmo da inveja das pessoas. José perdoou seus irmãos e se tornou rei no Egito.

O Salmista fala muito da inveja dos insensatos, eles desejam os bens desse mundo, até matam por isso (cf. Sl 73,3), enquanto que, os filhos da luz desejam outra coisa a não ser o Céu, esses ao contrário, morrem por isso. Peçamos a Deus, que nos liberte desse mal.

Deus abençoe você, 
Rafael Flauzino.
www.cancaonova.com