Como a prata é purificada

Pureza é sinônimo de verdade.

501
O inimigo não tem cara, nem nome, nem motivação plausível. Esconde-se na covardia das próprias frustrações.

A Bíblia nos compara com a prata, e o Messias com o profissional que a purifica: “Vejam: O Messias será como o fogo do fundidor. Será como a água sanitária das lavadeiras. Ele vai sentar-se como aquele que refina a prata. Vai purificar os filhos de Levi, como a prata, para que possam apresentar a Deus uma oferenda que seja de acordo com a justiça” (Ml 3,2-3).

O purificador de prata coloca-a no cadinho, depois se senta e fica olhando a prata derretida, em altíssima temperatura. Ele fica olhando para que ela não passe do ponto. E o ponto é quando o purificador vê o seu rosto refletido na prata. Este é o sinal de que ela está pura, e pode ser retirada do fogo.

Nós somos a prata, Deus é o nosso fundidor, o nosso purificador. Quando ele nos olha e vê o seu rosto refletido em nós, aí sim, estamos “prontos”, tornando-nos imagens dele.

Jesus também passou por esse processo de purificação, para nos dar o exemplo.

Por isso que Jesus fala: “Quem não renunciar a tudo o que tem, não pode ser meu discípulo” (Lc 14,33). Não pode, quer dizer, não consegue.