Deus é o centro

403

Deus é tudo, eu não sou nada!

Uma das músicas de Nelsinho Corrêa diz assim: “Deus é Deus, e eu devo ser o adorador”. O que é ser o adorador? A palavra “adorar” está ligada à palavra “boca”, no latim, de onde vem também “oral”. Adorar é estar de boca no chão.

Deus é Deus, e o que eu tenho de fazer é estar de boca no chão diante d’Ele. Deus é tudo, eu não sou nada! E tudo o que eu tenho é d’Ele. Sou barro. Mesmo que esse barro ainda esteja cheio de ambição e egoísmo, já houve uma decisão: mudar de sistema. É assim que as coisas mudam.

Só Deus é bom, justo e generoso. Eu, ao contrário, sou egoísta e maldoso. Somente mergulhando em Deus vou ter sua bondade, humildade e generosidade. Na hora em que mergulharmos em Deus, numa verdadeira conversão, tudo ocorre para o nosso bem.

Deus o abençoe!

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova