Encontro de catequese: A parábola do semeador

117
Encontros de catequese para primeira comunhão
Ajude-nos a Evangelizar

Para saber mais, leia: Marcos  4,1-20; Mateus 13,1-23; Lucas 8, 4-15
Versículo bíblico: “Eis que o Semeador saiu a semear” (base em Mateus 13,3)
Ampliar a figura de algumas sementes e dentro delas colocar o versículo-chave, fixar quando começar a narrar a Parábola.
Fixar também a imagem relacionada ao tema.
Saudar as crianças e iniciar os encontros sempre com o sinal da cruz e oração.
O catequista, que é o semeador, deve conhecer o tema que aplica, saber como irá lançar a semente  e conhecer também o solo onde irá semear, que é o catequizando.
Palavra chave do encontro: SEMENTE, no decorrer do encontro dizer : “Eu semeio a Palavra de Deus!”

Objetivos:
Mostrar as crianças que a palavra de Deus que aprendemos na catequese pode dar frutos e resultar em mudanças em nossa vida, mas para isso temos que ser “terra boa”, termos um coração aberto onde Deus possa plantar Sua semente para que ela venha crescer e frutificar numa vida de santidade.
Que as crianças aprendam a ter um coração preparado para receber a Palavra de Deus, que é a semente.
Aprender que a semente da Palavra de Deus pode crescer em nossas vidas, quando lemos suas narrativas, guardando-as e obedecendo à Deus.

Ensinar as crianças como a Palavra de Deus pode ou não crescer e dar frutos em nossas vidas, pois a semente, que é a Palavra , é uma só… o diferencial está onde ela é lançada ou plantada.
Levar as crianças a compreenderem a parábola do semeador com todos os seus elementos.

Para dar vida a história:
1. O catequista pode encapar latinhas, pregar um coração do lado de fora com o nome do tipo de solo que há na latinha (que representa o coração) e dentro destas latinhas colocar um tipo de plantinha, que é o resultado do coração do ser humano que recebe a mesma semente, a da Palavra.
2. Prepare uma caixa de areia e no centro dela coloque terra batida(pode ser barro) para fazer um caminho.
Espalhar sobre a areia diversos tipos de objetos que representem os diferentes tipos de solo, por exemplo,  pedras em um canto, espinhos no outro e em outro cantinho terra fértil.
Um semeador- boneco de dedo.
Dentro de outra caixa para usar à medida em que narrar a história reserve:
Algumas sementes num potinho,
Um ou mais passarinhos (costumamos encontrá-los em lojas que vendem arranjos),
Algumas “mudas de plantas” bem pequeninas para representar as plantas das sementes que germinaram, por exemplo, a que deu frutos pode ser representada por uma pimenteira de enfeite bem pequena, a que cresceu nos espinhos por um cacto, a que caiu nas pedras, por uma plantinha seca.
Colocar as crianças em semi-circulo e deixar o cenário – a caixa de areia- numa altura mais baixa que a das carteiras para que todos possam ver.

História
(mostrar imagem de Jesus no barco pregando às multidões)

Certo dia, Jesus saiu e pôs-se novamente a ensinar, à beira mar, e aglomerou-se junto dele uma imensa multidão.
Vocês sabem o que Jesus fez?(Ouvir as respostas)

Ele teve que entrar numa barca, no mar, para que assim toda  a multidão que ficou em terra na praia, pudesse vê-lo. Disse Jesus:
Um homem saiu a semear… Vocês sabem a profissão de quem semeia?(Ouvir as respostas)

Sim! Semeador.
Agora já sabem qual a parábola que vamos contar à vocês? (Ouvir as respostas)

A Parábola do Semeador, prestem bastante atenção nos ensinamentos que Jesus nos deu através desta Parábola, valem para toda nossa vida e em especial para nossa vida hoje!!!
Jesus ao contar a história narrou o que aconteceu quando o homem estava a semear (espalhar) as sementes na terra.
Saiu o semeador a semear. (pegar as sementes numa das mãos e ir semeando nos diversos lugares na caixa de areia onde foram colocados todo tipo de solo, à medida em que for narrando a história)

Enquanto lançava a semente, uma parte caiu à beira do caminho.
Vocês sabem o que aconteceu com estas sementes? (Ouvir as respostas)

Sim! Elas foram pisadas, e como estavam a beira do caminho, bem visíveis, logo vieram as aves do céu e as comeram.
E a outra parte das sementes, vocês se lembram onde elas caíram? (Ouvir as respostas)

Sim! A outra parte caiu no pedregulho, onde não havia muita terra.
Algum de vocês pode dizer o que aconteceu com estas sementes? (Ouvir as respostas)

Sim! Os grãos das sementes germinaram logo, porque a terra não era profunda; mas assim que o sol despontou, elas se queimaram e, como não tinham raiz, por falta de umidade , secaram.
E a outra parte das sementes, onde foi que elas caíram? (ouvir as respostas)

Sim! Elas caíram entre os espinhos.
E o que aconteceu? (Ouvir as respostas)

Sim! Os espinhos cresceram com elas, e as sufocaram e o grão não deu fruto.
Já a outra parte das sementes, caiu em terra boa. Vocês sabem o que aconteceu com elas? (Ouvir as respostas)

Sim! Elas deram frutos,pois  cresceram e se desenvolveram; um grão rendeu trinta, outro sessenta e outro cem”.
Dito isto Jesus acrescentou exaltando a voz:  “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!”
Vocês sabem o que Jesus quis dizer com esta frase? (Ouvir as respostas)

Ele convida seus ouvintes a prestar atenção para compreender esta parábola, que não sendo explicada exige certa reflexão.
E os que ouviram Jesus compreenderam a parábola? (Ouvir as respostas)

Não! Quando Jesus acabou de falar, os Seus discípulos se aproximaram DELE e perguntaram o que significava esta parábola.
Jesus perguntou-lhes: Não entendeis esta parábola? Como entendereis então as outras?
Mas, Jesus lhes disse:”Ouvi, pois, o sentido da parábola do semeador”
Jesus declarou que o homem da parábola “saiu a semear”. Ele não escolhia o lugar, simplesmente espalhava a semente.
Vocês sabem que semente era esta da qual Jesus falava?(Ouvir as respostas)

Sim! A semente é a Palavra de Deus e Seus ensinamentos.
E quem é o semeador? (Ouvir as respostas)

Sim! Somos nós, pois o semeador é aquele que semeia os ensinamentos de Deus contidos em Sua Palavra, na Sagrada Escritura.
Você é um semeador do Reino de Deus? (Ouvir as respostas)

A semente deve ser lançada no solo e a Palavra de Deus em que solo ela é lançada?(Ouvir as respostas)

Sim! A semente da Palavra de Deus é lançada no solo do nosso coração!
De quantos tipos de solos fala esta Parábola? Vocês se lembram? (Ouvir as respostas)

Sim! De quatro tipos de solos.
E Jesus nos fala o que acontece com esta semente quando é lançada em cada um destes solos. Também Ele quer nos contar o que acontece com Sua Palavra quando cai nos diferentes tipos de corações dos homens, que existem diante D’Ele.
Vocês sabem o que Ele falou sobre as sementes que caem à beira do caminho? (Ouvir as respostas)

Sim! Jesus nos diz: “E quando um homem ouve a palavra do Reino e não a entende, o Maligno vem e arranca o que foi semeado no seu coração. Este é aquele que recebeu a semente à beira do caminho”.
Vocês entenderam o que Jesus falou? (Ouvir as respostas)

Sim! Que alguns corações são como o solo de beira de estrada, duro, impermeável. Estes são os corações das pessoas que não são abertas a transformação que a Palavra de Deus pode fazer em suas vidas. Logo, elas a desprezam e não permitem que esta semente entre em seus corações.
E o que Jesus falou sobre as que caem em solo cheio de pedras? (Ouvir as respostas)
Sim! Jesus nos diz: Outros recebem a semente em lugares pedregosos; quando a ouvem, recebem-na com alegria; mas não tem raiz em si, são inconstantes, e assim que sobrevêm uma tribulação ou uma perseguição por causa da palavra, logo encontram uma ocasião de queda.
E agora entenderam o que Jesus quis nos dizer? (ouvir as respostas)

Sim! Sabemos que as raízes das plantas, no solo pedregoso, nunca se aprofundam e como as raízes não se desenvolvem, se vier uma seca ou vento forte, logo a planta murcha e morre. Não é verdade? (Ouvir as respostas)… Assim acontece com os corações dos cristãos, eles precisam desenvolver suas raízes por meio de fé em Jesus Cristo e do estudo cada vez mais profundo, da Palavra… mas, alguns basta chegar uma pequena tribulação, logo murcham e desistindo de tudo acabando morrendo.
E das sementes que caem entre os espinhos, alguém sabe me dizer o que Jesus falou sobre estas? (Ouvir as respostas)

Sim! Jesus nos diz que: Outros ainda recebem a semente entre os espinhos; estes ouvem bem a palavra, mas nele os cuidados do mundo e a sedução das riquezas a sufocam e a tornam infrutuosa.
O que Jesus quis nos dizer agora? (Ouvir as respostas)

Sim! Quando permitimos que ervas daninhas cresçam junto com a semente pura, nenhum fruto pode ser produzido.
Vocês sabem porque? (Ouvir as respostas)

Sim! Porque os espinhos (as ervas daninhas) disputam a água, a luz solar e os nutrientes  da boa planta e como resultado desta disputa os espinhos (ervas daninhas)  acabam por sufocar a boa planta.
É triste, mas há cristãos que possuem este tipo de coração onde há uma grande tentação de permitir que interesses mundanos dominem tanto a vida deles que não lhes resta energia para dedicar ao crescimento do evangelho em suas vidas.
E das sementes que caem em terra boa, quem sabe me dizer o que Jesus falou delas? (Ouvir as respostas)

Sim! Jesus nos falou que: Aqueles que recebem a semente em terra boa escutam a palavra e a compreende, e dão fruto, trinta, sessenta e cem por um.
O que Jesus quis nos dizer com isto?(Ouvir as respostas)

Sim! Ele quis nos dizer que estes corações que produzem frutos e dão colheitas são os que escutam atentamente a Palavra de Deus e a acolhem, levando estes corações a cumprirem o propósito de Deus em suas vidas.
Quais são os frutos produzidos? (Ouvir as respostas)

Sim! O fruto produzido é o da vida transformada, o do arrependimento, o fruto de lábios que confessam o Nome de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Mas, Jesus nos disse que estes corações produzem frutos e dão colheitas, de que forma os corações podem frutificar tanto? (Ouvir as respostas)

Sim! Os corações dão colheitas através da prática constante dos bons motivos, bons desejos, boas atitudes, boas disposições, das nossas boas palavras, dos nossos bons atos, que partem sempre da fé, em harmonia com a lei de Deus, e realizados para a Sua glória.
Vocês sabem qual é o propósito de Deus em nossas vidas? (Ouvir as respostas)
Sim! Que sejamos “conformes à imagem do Seu Filho”.

Qual dos solos descreve sua atitude para com Jesus e a Sua Palavra? Que tipo de coração é o seu? (Ouvir as respostas)

Além do solo bom, o que mais  a semente precisa para crescer? (Ouvir as respostas)
Sim! Assim como a semente precisa do sol, nós também precisamos estar sempre buscando o Sol da Vida que é Jesus Eucarístico… a semente precisa também de ser regada cada dia, nós também precisamos estar sempre unidos à Deus em oração. Assim a semente (Palavra de Deus) plantada em nós crescerá a cada dia… e se tornará uma linda árvore, que irá florescer e dar muitos frutos e grandes colheitas.

Finalizando:

Nós aprendemos hoje que o semeador é aquele que espalha as sementes, e apenas isso. Ele não precisa se preocupar com o preparo, o cultivo da terra ou da plantação. Depois da semente lançada, a sua responsabilidade termina e então,o agricultor entra em ação. O lavrador que cuidará da planta é o nosso Deus (João 15,1).

Todo cristão tem a responsabilidade de espalhar “semente”.

O bom semeador do evangelho, é aquele que além de ler, estuda e conhece a Palavra de Deus, a boa semente; e então a semeia, temos como missão espalhar sempre esta boa semente.

Vamos pedir hoje mesmo que Jesus nos dê um coração pronto para ouvir e praticar a mensagem que Ele nos deu em Sua Palavra. Jesus deseja que tenhamos um coração sempre pronto a ouvir e atender ao que Ele diz.

O catequista poderá encerrar a história da Parábola do Semeador, deixando uns instantes para que as crianças façam suas orações pessoais e espontâneas. Caso queira poderá dar um cartão de oração onde elas poderão escrever seu pedido ou agradecimento e colocar na sacola(caixa) especial, que será apresentada a Deus no momento do ofertório – Santa Missa.

Atividades
1. Você poderá entregar a história do Semeador para elas colorirem e fazerem a narração da história bíblica.
2. Sementes de girassol, cola branca, desenho de girassol e giz de cera para fazer o solo, a raiz, as folhas, galhos e o sol.
Peça as crianças que colem as sementes na flor (centro) e explique que  antes dela se tornar esta bela flor, o girassol era uma destas pequeninas sementes, que plantada no solo bom, foi regada e cresceu procurando sempre a luz do sol, e assim transformou-se numa linda e exuberante flor, cheia de frutos, que são as novas e inúmeras sementes, dando assim uma grande colheita.

Assim acontece conosco, quando a semente da Palavra de Deus é plantada em nosso coração, se rezamos e procuramos aprofundar em Sua Palavra, permanecemos enraizados em Cristo, e se procuramos Jesus Eucaristia que é o Sol da nossa vida,vamos ter força e alimento necessários para crescer, não podemos esquecer que também devemos procurar sempre estar protegidos na graça de Deus, para ficarmos livres de todos os possíveis insetos que queiram atrapalhar nosso crescimento… E assim cresceremos belos, tão belos como o girassol e produziremos muitos, muitos frutos, dando grandes colheitas para o Reino de Deus.
Pode ser contada a história de Gigi, o Girassol.

Escrito por Catequista S.A.G