Home Catequese Perseverança Encontro de perseverança: 16. Confiar em Deus

Encontro de perseverança: 16. Confiar em Deus

Encontro de perseverança: 16. Confiar em Deus

* Selecionar as partes principais do Evangelho de Jó. Ler os versículos importantes dessa história.

     Jó foi um homem muito fiel a Deus. Jó era casado, com dez filhos, e era o homem mais rico da região onde morava.

 Mas Satanás, o acusador dos servos de Deus, alegou que a fé de Jó era superficial e interesseira. Para provar que o diabo estava errado, Deus permitiu que o Adversário atormentasse Jó. Ele tirou a riqueza, os filhos e a saúde deste homem íntegro, mas Jó não se virou contra Deus.

 Amigos de Jó tentaram confortar o sofredor, mas acabaram aumentando a sua aflição. No seu entendimento limitado da justiça e da sabedoria do Soberano Deus, eles acusaram Jó, falsamente, de ser um terrível pecador que recebia castigo divino merecido. Jó, sendo fiel, não podia mentir e admitir pecados que não havia cometido. Ele discutiu com os amigos e negou as suas acusações pesadas. Mas ele, também, não compreendia os motivos do seu sofrimento (estes homens não sabiam das conversas entre Deus e Satanás). Ele queria perguntar para Deus e se defender diante do Criador, mas não tinha acesso ao Senhor. Depois de vários debates com seus amigos, Jó ouviu as palavras de Deus no final do livro. Deus ainda não explicou tudo para ele, mas relembrou Jó e seus amigos que ele é o Soberano e Onisciente Deus, Criador e Sustentador do Universo.

  O diabo não conseguia imaginar um homem fiel somente porque Deus merece honra e adoração. Ele atribuiu aos homens, inclusive a Jó, motivos egoístas. O homem só serve a Deus para receber alguma coisa em troca. Assim, ele pensou, se tirar as bênçãos da vida da pessoa (Jó, neste caso), ela rejeitaria o próprio Senhor. A mulher de Jó caiu no mesmo pensamento errado (2:9), mas Jó repreendeu a tolice dela e manteve sua integridade (2:10).-É triste observar quantos pastores hoje pensam como Satanás. Ao invés de engrandecer o nome de Deus porque ele é Deus, pregam doutrinas carnais e incentivam as pessoas a servir a Deus por motivos interesseiros. Distorcem textos bíblicos para defender suas mentiras de prosperidade e saúde nesta vida, e até se exaltam diante de Deus, exigindo que ele faça o que o homem quer!- Se você serve a Deus só porque recebe ou espera receber bênçãos dele, o triste fato é que você não serve a Deus. Deus merece adoração porque ele é o Criador, Redentor e Senhor de todos nós. Devemos adorar a Deus porque ele é Deus!

 Uma das coisas mais impressionantes do livro de Jó é a avaliação divina deste homem. Foi Deus que disse: “Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desvia do mal” (1:8). Deus sabia que a fé de Jó não se baseava nas coisas que ele tinha. Jó, como homem, sabia muito bem quem é Deus. Mesmo depois de Jó sofrer tanto e mostrar a sua confusão sobre o papel de Deus, ele continuou respeitando o Senhor. Ele pediu perdão por ter questionado o Soberano (42:1-6). Deus aceitou o humilde serviço de Jó, e mandou que os amigos dele pedissem a intercessão deste homem justo para procurarem perdão por suas palavras errada.

Nós precisamos fazer como Jó, e comparar as nossas vidas aos princípios revelados por Deus para ter confiança da nossa comunhão com o Senhor: “Ora, sabemos que o temos conhecido por isto: se guardamos os seus mandamentos” (1 João 2:3).

A avaliação de outros pode nos ajudar, especialmente quando pessoas fiéis ao

Senhor corrigem os nossos pecados. Mas outras pessoas podem errar, condenando os justos e aprovando os pecadores. Não é a opinião popular que nos julgará, e muito menos a avaliação do Adversário!

No final das contas, a única avaliação que realmente importa é a de Deus. O que ele acha da minha vida, e da sua? Ele é o Juiz perfeitamente certo em todas as suas decisões. Todos nós seremos julgados pela palavra de Jesus (João 12:48). Deus dará a recompensa da vida eterna aos fiéis, porque ele é o reto juiz.

  • Deus é apaixonado por pessoas sinceras. Pessoas transparentes, que não se escondem que não são hipócritas.

 Não importa o que você já fez, não importa o que você vai falar, Deus não olha palavras bonitas, Deus não olha para a aparência, mas Deus vê um coração sincero. Sabe, muitas vezes agente passa por momentos de crises, por momentos que não temos vontade de orar, que pensamos que tudo está perdido, que nossos sonhos estão muito longes, e não sabemos nem como chamar o nome JESUS! Mas se você chegar diante do nosso Pai, com um CORAÇÃO SINCERO e em lágrimas sussurrar ME AJUDA SENHOR com toda a Sua FÉ, Deus rasga os céus e vem ao seu favor.

  • Jovem, entenda! Entrega teus caminhos ao Senhor deleita-te NEle e Ele concederá os desejos do teu coração! Não há mãos melhores para entregarmos nosso coração por inteiro, DEUS nunca falha, e seus caminhos são retos, e de paz!
  • Se Deus tudo sabe e tudo pode, por que não evita o mal?

                Deus nos da o livre arbítrio, temos a escolha.

                Deus só permite o mal para fazer surgir dele algo melhor.

 O mal no mundo é um mistério sombrio e o doloroso. O próprio JESUS perguntou ao seu pai “MEU DEUS, POR QUE ME ABANDONASTE?”, muito dele é incompreensível. Mas de algo temos certeza: DEUS É CEM POR CENTO BOM. Ele nunca foi o autor de algo mau.

Deus criou o mundo bom, mesmo que ainda não aperfeiçoado. 

 Todas as coisas ruins do mundo atual é operado por seres humanos.  Portanto a pergunta decisiva não é “Como se pode crer num Deus bom, se há tanto mal?” MAS “COMO PODERIA O SER HUMANO, COM CORAÇÃO E INTELIGENCIA

DADA POR DEUS, SUPORTAR A VIDA NESTE MUNDO SE NÃO EXISTISSE DEUS?”  Nós cremos que Deus,  no juízo final, acabará com toda injustiça. CONFIE NELE.

* Quem deseja crer, precisa de um coração que escuta. Deus procura o contato conosco de diversas formas. Em cada encontro humano, em cada experiência, em cada desafio, em cada sofrimento, em cada alegria… Deus sempre nos deixa uma mensagem escondida. Ele trata-nos como amigos, por isso nós temos que corresponder, ser amigos também e CONFIAR TOTALMENTE N’ELE. “QUE SEJA FEITA A SUA VONTADE”.

Dinâmica

 Peça pra cada participante escrever uma situação que acha impossível de ser resolvida, depois que todos escreverem o catequista recolhe as folhas. Pega uma por uma, leia o problema e rasga em vários pedaços. Fazer isso com todos e ir acumulando os pedaços de papel rasgado, formando uma “montanha” de papeis.

 = Quando nos tentamos resolver o nossos problemas com as próprias mãos, eles só aumentam e mostra a quantia de papeis que se tornaram conforme você foi rasgando.

 Mas se a nossa esperança,a nossa confiança estiver em DEUS, pegue todos os papeis que ele escreveram, amasse e jogue em um cesto de lixo.   Devemos guardar nossos problemas e entregar nas mãos de Deus, confiar que Ele vai resolver e vai nos ajudar.


Autoras:
Carolina Oliveira, Gabriely Bataier, Julia Bonache, Paloma Frasson, Vanessa F.Damasceno.

Partilhe material de catequese e Ganhe acesso ao site missa com crianças:

Se você tem algum material para catequese, seja de perseverança, primeira comunhão, crisma, batismo, encaminhe para o nosso email abaixo, que disponibilizaremos aos catequistas do Brasil que visitam o nosso site.

E-mail: catequisar@yahoo.com.br na mensagem escreva seu nome completo e a frase Quero ganhar as historinhas para catequese