Home Catequese Perseverança Encontro de perseverança: 17 Espírito Santo

Encontro de perseverança: 17 Espírito Santo

Encontro de perseverança: 17 Espírito Santo

Quem é o Espírito Santo?

 Segundo o Catecismo da Igreja Católica, o Espírito Santo é a “Terceira Pessoa da Santíssima Trindade”. O Espírito Santo coopera com o Pai e o Filho desde o começo da história até sua consumação, quando o Espírito se revela e nos é dado, quando é reconhecido e acolhido como pessoa. O Senhor Jesus no-lo apresenta e se refere a Ele não como uma potência impessoal, mas como uma Pessoa diferente, com seu próprio atuar e um caráter pessoal.

 O Paráclito. Palavra do grego “parakletos”, o mediador, o defensor, o consolador. Jesus nos apresenta ao Espírito Santo dizendo: “O Pai vos dará outro Paráclito” (Jo 14,16). O advogado defensor é aquele que, pondo-se de parte dos que são culpáveis devido a seus pecados os defende do castigo merecido, os salva do perigo de perder a vida e a salvação eterna. Isto é o que Cristo realizou, e o Espírito Santo é chamado “outro paráclito” porque continua fazendo operante a redenção com a que Cristo nos livrou do pecado e da morte eterna.

 O Paráclito, é a verdade, como o é Cristo. Os campos de ação em que atua o Espírito Santo são o espírito humano e a história do mundo. A distinção entre a verdade e o erro é o primeiro momento de tal atuação.

               TODOS OS DONS SÃO PRESENTES DE DEUS

 Quando nos referimos ao Espírito Santo sempre tomamos como referência os sete dons: sabedoria, inteligência, conselho, ciência, fortaleza, piedade e temor de Deus.

 O número sete no contexto bíblico. Significa universidade, totalidade, perfeição. Os dons do Espírito são inúmeros, portanto, ao falar em sete, podemos dizer que recebemos todos os seus dons.São Paulo, em Gálatas 5, 22-23, fala nos “frutos do Espírito: amor, alegria, paz, paciência, bondade, benevolência, fé, mansidão e domínio de si”. Estes frutos provêm de um projeto de vida que todo cristão é chamado a perfazer. Isto não significa que os teremos de uma hora para outra.

         Mas, a vida do cristão é um constante converter-se ao crescimento da fé, e um comprometimento para gerar estes frutos na convivência do dia-a-dia.

          Podemos dizer que os “dons são qualidades dadas por Deus que capacitam o ser humano para seguir com gosto e facilidade os impulsos divinos, para tomar a decisão acertada em situações obscuras e para reprimir as forças do orgulho, do egoísmo e da preguiça, que se opõem à graça de Deus”.

 Estes dons se transformam em fraternidade, solidariedade, justiça. Através de uma vivência comunitária nos grupos de reflexão, grupos de oração, estudo bíblico …criamse práticas sociais e maior consciência de cidadania.

             Os sete dons: Sabedoria, inteligência, ciência, conselho, fortaleza, piedade e temor de Deus ajudam a entender os planos de Deus na vida de cada cristão. Mas, também, capacitam para superar o perigo da indiferença e do medo, para amar a Deus como Pai. Estes dons, ainda, empenham os cristãos na luta por um mundo mais justo e humano e para perseverar na fé e na esperança, mesmo em meio aos desafios e dificuldades.

             Eles resumem toda a ação do Espírito Santo nas pessoas.

 Dinâmica 1: Cheios do Espírito Santo

Material: bexigas para todos os participantes.

Palavra de Deus: 1 Cor 3,16 “Não sabeis que sois templo do Espírito e que o Espirito de Deus habita em vós?”

Preparação: Antes de entregar as bexigas aos participantes e com as bexigas ainda vazias pegue uma agulha faça um pequeno furo em algumas bexigas sem que ninguém veja, pode até fazer dois ou três furos em algumas bexigas. Desde modo quando eles forem encher acontecerá o seguinte:

  • As bexigas sem furo, irão encher normalmente
  • As bexigas com um furo apenas irão encher, mas irão esvaziar-se
  • As bexigas com mais de um furo, podem ate não encher porque a pessoa não terá força para encher, ou então enche, mas se esvazia muito mais rápido que as outras.
  • Entregar as bexigas e pedir que cada um encha as bexigas e esperar a todos os outros terminarem de encher. Quando todos encherem pedir para que eles soltem as bexigas, desde modo as bexigas irão realizar uma trajetória, podendo ir longe, ou então ir alto e depois cair perto de quem a lançou, isso não importa.

Conclusão: 

  • Aqueles que estão cheios do Espírito Santo, vão mais longe, evangelizam os outros. Os que estão vazios não espalham a palavra de Deus, porque quando ouvem a Palavra rapidamente se esvaziam. E porque se esvaziam? Porque suas vidas estão cheias de “buracos” que impedem que Deus entre em sua vida e ali permaneça, o prazer imediato oferecido pelo mundo, o pecado, etc.

Não podemos ser como as bexigas furadas, precisamos fechar esses buracos para que possamos deixar Deus habitar em nós.


Autoras:
Carolina Oliveira, Gabriely Bataier, Julia Bonache, Paloma Frasson, Vanessa F.Damasceno.

Partilhe material de catequese e Ganhe acesso ao site missa com crianças:

Se você tem algum material para catequese, seja de perseverança, primeira comunhão, crisma, batismo, encaminhe para o nosso email abaixo, que disponibilizaremos aos catequistas do Brasil que visitam o nosso site.

E-mail: catequisar@yahoo.com.br na mensagem escreva seu nome completo e a frase Quero ganhar as historinhas para catequese