Não busquemos os sinais, busquemos Jesus

430
Não busquemos os sinais, busquemos Jesus

Lucas 11,29-32

Todo e qualquer sinal demonstra o poder de uma realidade superior. Multidões seguiam Jesus não pela pessoa que Ele era – mas para presenciar algum sinal que pudesse realizar. Ou seja: Seguiam-no pelos milagres, prodígios e curas que realizava.

E naquele momento pediam mais uma vez um sinal. Haviam presenciado tantos e ainda não se tinham saciado. E aí Jesus deu-lhes um puxão de orelhas com palavras duríssimas: “Esta geração é uma geração má. Ela busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal de Jonas.”

Qual o sinal de Jonas? Sinal de CONVERSÃO para o povo pagão e idólatra da cidade de Nínive. A sua pregação e o seu testemunho atingiram como flechas os corações dos ninivitas.

É este sinal que Jesus quer ser para nós hoje. Sinal de vida e conversão através da sua Palavra restauradora e renovadora. “Palavra viva e eficaz, inspirada por Deus e útil para ensinar, repreender, corrigir e formar na justiça.”

A nossa fé não pode exigir sinais. “A fé é o fundamento da esperança, é uma certeza a respeito do que não se vê.” (Hebreus 11,1)

Sigamos Jesus porque Ele é o Filho de Deus, que revestindo-se da nossa carne fez-se humano como nós para reabrir as portas do Céu, nos trazendo a Salvação. Sigamo-Lo firmemente pelo que Ele é.

Paz e Luz

Antonio Luiz Macêdo

Leia mais obras do autor:

Em Poucas Palavras

Gotas de Reflexões Bíblicas

Poesias & Trovas

Acesse também:

Evangelização Católica

______________________________

Antonio Luiz Macêdo