O amor vem de Deus! Amemos nossos irmãos

932

A Palavra meditada está em I João 4,9:
“Foi assim que o amor de Deus se manifestou entre nós: Deus enviou o seu Filho único ao mundo, para que tenhamos a vida por meio dele. Nisto consiste o amor: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e enviou o seu Filho como oferenda de expiação pelos nossos pecados. Caríssimos, se Deus nos amou assim, nós também devemos amar-nos uns aos outros.”

O amor vem de Deus! Como Papa Francisco disse: “Treinai-vos com entusiasmo para tornardes campeões na vida e no amor”. Essa vida vem de Deus; tudo vem e depende d’Ele.

O Senhor tomou a iniciativa de nos amar. Ele veio ao mundo e morreu numa cruz por amor a nós. Se Deus nos amou assim, devemos também amar nosso próximo.

Achamos que nosso (a) esposo (a), filhos, pais, não merecem nosso amor? Deus nos amou sem merecer, então ajamos da mesma maneira. Na realidade do dia a dia o amor é manifestado.

Reclamamos das pessoas, mas esquecemos de amá-las. Na hora da dor nos agarramos em Deus! Façamos das pedras da nossa vida, degraus para chegarmos ao céu.

Aquelas pessoas que reclamamos, nos santificam. Clamemos a Deus que nos liberte, Ele nos escuta, ouve nossa oração. Cada um sabe o que passa e sofre, mas essas são oportunidade para ficarmos perto de Deus.

Não encaremos as pessoas como problemas em nossas vidas, mas assumamos o desafio de amá-las. No dia a dia treinaremos nosso temperamento. Fugir de brigas também é um ato heroico. O amor de Deus está em nosso coração.

Diácono Nelsinho Corrêa
Missionário da Comunidade Canção Nova
www.cancaonova.com