Por que tanta pressa?

49

Parece-nos que o ativismo em que vivemos se manifesta claramente na nossa maneira de agir e de pensar. Sim, agimos primeiro e pensamos depois. Ou seja, desprendemos energia física e poupamos energia psíquica. Poupança desgastante e infrutífera semeada em nossos corações pelos apelos do mundo.

Se prestássemos mais atenção às palavras de Jesus, por certo não cansaríamos tanto, visto que, também, não correríamos tanto, querendo viver hoje, sempre o amanhã. Jesus nos diz: “A cada dia basta o seu cuidado”. Se não nos pré-ocupássemos com o dia seguinte, viveríamos mais e cansaríamos menos. E é isto que Deus quer.

Já não temos tempo de priorizar as primeiras coisa como, por exemplo: a ORAÇÃO. A intimidade com Deus a cada dia é que nos faz entender que o momento presente vale muito mais que o passado e o futuro. Por que então, nos preocupamos tanto? Que a ocupação seja a nossa meta.

Antonio Luiz Macêdo
poupalavras.blogspot.com.br