Querigma das cores e biomas – Campanha da Fraternidade 2017

24935
Encontros de Catequese - Querigma das cores e biomas - Campanha da Fraternidade 2017
Livro para catequese

REFLEXÃO PARA OS COORDENADORES:

O anúncio querigmático tem como meta principal promover o encontro pessoal das crianças com Jesus pela fé e conversão e também a proclamação de Jesus como Salvador e Senhor de suas vidas. É através de nosso testemunho pessoal e proclamando Jesus como Boa Nova que conseguiremos alcançar esse objetivo e promover a efetiva evangelização de nossas crianças.

O querigma das cores e os biomas surgiu de uma inspiração que tenta unir o anúncio querigmático ao tema da Campanha da Fraternidade de 2017. É sabido que a Campanha da Fraternidade é uma atividade ampla de evangelização que ajuda os cristãos e as pessoas de boa vontade a concretizarem, na prática, a transformação da sociedade a partir de um problema específico, que exige a participação de todos na sua solução. Ela tornou-se tão especial por provocar a renovação da vida da igreja e ao mesmo tempo resolver problemas reais. A Campanha da Fraternidade de 2017 propõe como tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação” . A ideia é que possamos alertar a todos que somos importantes na preservação do ambiente. O aquecimento global, as mudanças climáticas e outros problemas ambientais não estão longe de nós mas, mais próximo do que pensamos.

Nosso objetivo com essa apostila é despertar o espírito comunitário e cristão no povo de Deus, comprometendo, em particular, os cristãos na busca do bem comum; educar para a vida em fraternidade, a partir da justiça e do amor: exigência central do Evangelho. Renovar a consciência da responsabilidade de todos na promoção humana, em vista de uma sociedade justa e solidária principalmente com a Natureza , o Planeta e nosso ambiente.

Através do querigma e os biomas trabalharemos o Amor de Deus, o pecado, a fé e conversão, o Espírito Santo e a vida em comunidade. Afinal, nós do Ministério para Crianças da Renovação Carismática Católica precisamos participar da vida da nossa Igreja. Esta é uma forma de trabalharmos a Campanha da Fraternidade sem fugirmos do nosso carisma e missão que é o primeiro anúncio. Componentes da Natureza, como animais e vegetais representarão os temas propostos assim como fizemos no querigma das cores.

É de fundamental importância que aquele que for aplicar o querigma e os biomas conheça um pouco sobre eles, sobre biodiversidade e problemas atuais enfrentados por cada bioma. Segundo o bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, a depredação dos biomas é a manifestação da crise ecológica que pede uma profunda conversão interior. “Ao meditarmos e rezarmos os biomas e as pessoas que neles vivem sejamos conduzidos à vida nova”, afirma.

A campanha terá como proposta principal dar ênfase à diversidade de cada bioma e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles habitam, especialmente à luz do Evangelho.

O Planeta tem enfrentado muitos problemas ambientais tais como o Efeito Estufa, o furo na Camada de Ozônio, Poluição (sonora, visual, da água, do solo e do ar), o lixo, o petróleo, o detergente, chuva ácida… o Efeito estufa tem preocupado nossas lideranças, pois temos percebido diversas alterações climáticas e visto a natureza responder a elas de forma a devolver aquilo que estamos fazendo com ela. É necessário mudança e começa no nosso comportamento. É importante que saibamos que a poluição e a emissão de gases na atmosfera têm contribuído efetivamente para agravar o Efeito Estufa. Os vegetais são os principais seres vivos responsáveis por retirar o gás carbônico da atmosfera. Estamos desmatando e em contrapartida aumentando a combustão (queima de combustíveis fósseis). Onde vamos parar? É necessário que cada um de nós faça sua parte.

O AMOR DE DEUS – FLORESTA AMAZÔNICA

PREGAÇÃO: Estamos no mês de fevereiro e iniciamos um tempo importante na nossa igreja. Alguém sabe que tempo é esse? Vamos viver a quaresma e neste tempo a igreja nos convida a refletir sobre “Biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação” . Hoje gostaria de apresentar o maior Bioma Brasileiro: A Floresta Amazônica. (mostrar imagens da floresta e sua biodiversidade).

A floresta Amazônica é considerada a maior floresta tropical do mundo com uma rica biodiversidade. Está presente na região norte (Amazonas, Roraima, Acre, Rondônia, Amapá, e Tocantins) e no Maranhão. É o habitat de milhares de espécies vegetais e animais. Caracteriza-se pela presença de árvores de grande porte, situadas bem próximas umas das outras (floresta fechada). Como o clima na região é quente e úmido, as árvores possuem folhas grandes e largas. Ela conta com uma grande diversidade de plantas… altas, baixas… caule grosso, fino… folhas grandes e pequenas. Tem até plantas aquáticas. Ela tem também a maior riqueza de animais. Muitos macacos de espécies diferentes, cobras, sapos e pererecas. O sol ilumina toda a floresta e para refrescar sempre chove.

Sabe de uma coisa? Ela foi criada com muito amor e isso me fez lembrar do amor de Deus por nós. Deus criou todas as coisas com uma riqueza de detalhes e diferenças assim como criou cada um de nós. Tem gente que é grande, tem gente que é baixinha. Tem cabelo liso e enroladinho, tem pele branca, rosa, amarelada e negra. Tem muitas características diferentes assim como na Amazônia.

Em Jeremias 31,3 lemos assim: “amo-te com amor eterno”. É Deus falando pra cada um de nós. É um amor que não passa, que não se acaba, que não tem tamanho. É um amor pessoal. Ele olha pra cada um de forma única Ele nos ama com nosso jeitinho. Nossa maneira de vestir, nosso estilo. Ele não impõe condições para nos amar… Se fizer isso ou aquilo vou te amar mais ou menos… Deus não é assim. Ele lhe ama sem condições e com um amor sem medidas. Você é o predileto dele. Deus lhe amou antes mesmo que nascesse. E ele nunca vai deixar de lhe amar.

Se Deus fez tudo com amor devemos amar também sua criação e preservar. Assim como devemos amar uns aos outros e cuidar de nós e dos outros. Mas como podemos fazer isso?
Para cuidar de nós: não devemos expor nosso corpo, machucá-lo ou acumular pecados, pois isso entristece nossa alma. Para cuidar do outro, devemos ter misericórdia do próximo. Oferecer perdão, rezar pelas outras pessoas, vestir o nu e dar de beber a quem tem sede e de comer a quem tem fome. E da natureza como podemos cuidar? Podemos ter mais educação, não jogando lixo no chão, não rasgando folhas do caderno de escola e jogando fora à toa, usando os lápis de cor e de escrever até o final, não desperdiçando água. São com pequenas atitudes que mostramos amor e respeito às coisas que Deus criou.

LOUVOR: Hoje vamos louvar pela criação de Deus. Pode-se montar uma caixinha com imagens de animais e plantas variados…Cada criança tira uma imagem da caixa e louva a Deus pela criação.

Via Catequista Tia Paula