Ressurrexit

148
ressureição jesus deixou o sepulcro

A cultura judaica no continha um verdadeiro ritual em relação aos seus mortos. Ungia-se o corpo com aloés e outras resinas aromáticas, envolvia-o com um pano de linho branco, atando-se faixas do mesmo tecido. Após a preparação, o corpo era transportado até o sepulcro.

Com Jesus não foi assim. Como às 6 horas da tarde iniciava-se o Sábado – dia sagrado para os judeus, e naquele celebrava-se a Páscoa – Jesus foi sepultado às pressas. Um pano de linho branco de 4.30mx1.10m (doado por José de Arimatéia) lhe serviu de invólucro. Seu corpo não foi untado. Tudo ocorreu de maneira rápida porque os condenados não poderiam permanecer na cruz, visto que o sábado tornar-se-ia impuro para a celebração.

Por este motivo, domingo pela madrugada, um grupo de mulheres dirigiu-se ao sepulcro levando substâncias aromáticas para ungir o corpo do Senhor.. Deveriam ir pensando pelo caminho: “De que maneira iremos retirar a pedra que fecha a entrada do sepulcro?!”

Os primeiros raios despertavam a madrugada quando chegaram diante do túmulo. A pedra havia sido rolada. O sepulcro estava aberto. Amedrontadas e com os olhos voltados para o chão, ouviram a voz de anjos que diziam: “Por que buscais entre os mortos aquele que está vivo? Não está aqui, mas ressuscitou.” (Lucas 24,5-6)

 E Jesus deixou o sepulcro vazio, a fim de preencher o vazio dos nossos corações, permanecendo neles para sempre. Ressurrexit est.

Paz e Luz

Antonio Luiz Macêdo

Leia nossos Artigos:

Doutrina Católica

Evangelização Integrada

Fragmentos de Salmos (Salmo em negrito)

Gota de Esperança

Antonio Luiz Macêdo