A festa de Deus

189

Certa vez, estava havendo as Santas Missões em uma cidade. Um missionário foi visitar o colega que estava em outro bairro. Como neste bairro não havia igreja, a Missão estava acontecendo em um barracão.

O visitante chegou pelas dez horas da manhã, e centenas de crianças estavam nas ruas, voltando da missãozinha. Então ele parou o carro e resolveu brincar com as crianças.
Perguntou para um grupinho que passava: “O que está havendo aí?” Um garoto respondeu: “Festa”. “Que hora é a festa?” perguntou o padre, que estava à paisana. O garoto ficou confuso, mas os outros responderam: “Aqui tem festa de manhã, à tarde, à noite… o dia inteiro”.

Uma missão popular parece uma festa. O objetivo é atrair o povo para a nova vida apresentada.
A vida de Igreja é também uma festa, festa de Deus. Por isso que, na Missa, cantamos e aclamamos.

Maria Santíssima é uma atriz que dá brilho à festa. Que ela nos ajude a celebrar tão bem a festa que o próprio Deus possa sorrir.