Acreditemos que Deus nos ama

4969
Acreditemos que Deus nos ama

O Senhor quer que acreditemos no amor d’Ele por nós

Devemos crer, verdadeiramente, no amor d’Ele por nós, que é Pai e cuja bondade é sem fim e Seu amor por nós é sem igual. Bem no fundo, acreditamos no amor de Deus, mas apenas naquele amor de uma forma genérico. No entanto, quando se trata, porém, de acreditar no amor de Deus, que é pessoal, há um tipo de cortina, de sombra, que envolve nossa mente e nosso coração, atrapalhando-nos e impedindo-nos de crer nesse amor. Tal cortina e sombra é o resultado da nossa própria maneira de pensar e agir, da ação diabólica, além da má-educação recebida.

Temos dado muito mais importância aos nossos defeitos, às nossas falhas, fraquezas, pecados, incapacidades e infidelidades do que ao amor de Deus. Todos nós carregamos um fardo pesado por nos considerarmos como um patinho feio no meio de outros.

O Senhor ama, faz maravilhas, é bom e concede graças, mas é como se houvesse uma reserva em nosso interior. Nessa hora, somos envolvidos pela sombra, pela cortina. Ele é um Pai disposto a ajudar, a curar nossas feridas e socorrer os que estão “feridos”.

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova
www.cancaonova.com