Dois homens caminham no frio

1201

Certa vez, dois senhores idosos estavam viajando a pé numa região deserta. Fazia muito frio e os dois, sem agasalhos, se defendiam como podiam dos golpes do vento gelado.

De repente, encontraram uma criança semi-gelada, que também estava passando por ali e fora surpreendida pelo frio. A criança estava deitadinha no chão e encolhida, tremendo de frio.

Um dos homens parou para socorrê-la. O outro lhe disse irritado: “A nossa situação exige pressa. Vamos embora e deixe o menino aí!”Entretanto, o colega não teve coragem de abandonar o garotinho. Pegou-o nos braços e foi caminhando. Com isso, o outro, que não tinha nada nas mãos, adiantou-se e desapareceu nas curvas da estrada.

À noite, o que estava com a criança encontrou o colega congelado e morto, na beira da estrada. Ele não resistiu à baixa temperatura.Já o que estava com a criança estava bem, tanto ele quanto o menino, pois um aquecia o outro.

Quem abraça o próximo para socorrê-lo, é abraçado por Deus, que o protege das intempéries. Na nossa caminhada pela vida, quem ama o próximo sofre um pouco mais, mas se salva.