O Homem: imagem de Deus amor

760
O Homem: imagem de Deus amor

NOS PASSOS DE SÃO JOÃO PAULO II

“Deus criou o homem à sua imagem e semelhança(20): chamando-o à existência por amor, chamou-o ao mesmo tempo ao amor”.

Na passagem bíblica do Gênesis 1,27 nos diz que “Deus criou o homem à sua imagem; criou-o à imagem de Deus, criou o homem e a mulher”. Aqui se encontra toda a essência da nossa essência humana. Fomos criados por amor e para amar.

Deus nos criou à sua IMAGEM. Sendo Deus o próprio Amor, somos imagens constituídas deste amor, portanto, imagem de Deus. fomos criados por Amor e para Amar. Eis o sentido maior da nossa existência.

Deus nos criou à sua SEMELHANÇA. Deus é a Família por excelência: o Pai e o Filho e o Espírito Santo. Constituindo uma Família, somos todos chamados ao Amor dentro da Comunidade Familiar; e daí extravasá-lo para o mundo.

Cada um de nós é um ser ‘trinitário’, composto de Corpo e Alma e Espírito. Nós não temos um corpo, somos corpo; não temos alma, somos alma; não temos espírito, somos espírito. No Corpo material encontram-se os órgãos dos sentidos, responsáveis pela nossa comunicação com o exterior. Na Alma ou psique encontra-se a sede de emoções, sentimentos, afetividade… E no espírito – âmago do ser – está a morada da Trindade. Lembra quando São Paulo afirma, “Não sabeis que sois o Templo do Espírito Santo?” O Espírito Santo é o Amor entre o Pai e o Filho. Estando Ele no centro da Família, aí também estará o Amor.

O casal católico matrimoniado é chamado por Deus para viver, na unicidade de uma dualidade, esta Imagem e Semelhança do Criador, testemunhando no seio da Família e no mundo, que sempre vale a pena amar.

Fonte: Familiaris Consortio

Paz e Luz

Antonio Luiz Macêdo

Leia mais obras do autor:

Conta-gotas Do Dia a Dia (no final da página)

Antonio Luiz Macêdo