O medo de atravessar a mata escura

142

Certa vez, um adolescente, que morava na roça, arrumou um emprego a alguns km de sua casa. Ele tinha de atravessar uma mata bem fechada. Quando atrasava a volta e começava a escurecer, ou vinha chuva, ele sentia medo.

Um dia, o rapazinho teve de esperar passar uma forte chuva, e foi para casa à noite. Sentia medo de tudo.

Mas qual não foi a sua surpresa quando, na entrada da mata, estava o seu pai esperando! Agora sim, pensou ele, estou protegido. E o medo acabou completamente.

Deus é para nós como aquele pai. “O Senhor é o meu pastor, nada me falta. Se eu tiver de atravessar um vale tenebroso, nenhum mal temerei, porque vós estais comigo” (Sl 23,1-4).