Vós sois a luz do mundo

1165

Certa vez, um grupo de jovens fez uma encenação. Acenderam uma vela grande na frente da sala, representando Jesus Cristo. Três deles tinham velas apagadas na mão.

O primeiro foi à frente e acendeu a sua vela na grande. Mas, ao caminhar no meio dos outros, ficou com vergonha e escondeu a vela atrás da porta.

O segundo fez pior. Foi à frente e acendeu a sua vela. Mas ao caminhar no meio dos colegas, de repente apagou sua vela e a jogou no chão.

O terceiro foi à frente, acendeu sua vela na grande e saiu caminhando no meio dos colegas. Ao ver a vela atrás da porta, pegou-a, entregou ao colega que a havia escondido e os dois caminhavam juntos.Vendo a vela jogada no chão, pegaram-na, acenderam novamente com as velas deles e a entregaram ao que a havia jogado.

Daí para frente, os três resolveram andar sempre juntos, para que um ajudasse o outro a manter sua vela acesa.

É a vida em Comunidade. O importante é que a nossa vela do Batismo nunca se apague. A vida em Comunidade é necessária para que perseveremos no seguimento de Jesus.

O profeta Simeão disse para Maria que o seu Filho ia ser uma “Luz para iluminar as nações” (Lc 2,32). Que essa Luz nos ajude a nunca deixar apagar a nossa vela.